Braga

SC Braga e Benfica: minhotos procuram quebrar tendência das águias

O SC Braga-Benfica desta sexta-feira, 1 de abril, é uma excelente forma de começar a 28ª jornada da I Liga portuguesa. A equipa da casa tenta consolidar a quarta posição, com o atrevido Gil Vicente a apenas três pontos, no quinto lugar, enquanto as águias ainda têm esperança de chegar ao segundo lugar, atualmente pertença do Sporting, com seis pontos de avanço. Podes apostar neste grande jogo no site da Betano.pt e fica a saber que os lisboetas são ligeiramente favoritos.

Este jogo foi antecipado para uma sexta-feira porque na terça-feira seguinte o Benfica defronta o Liverpool, na primeira mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões. Isso pode trazer alguns problemas para o treinador Nélson Veríssimo escalar o melhor onze, uma vez que Otamendi e Darwin Núñez estiveram ao serviço da Argentina e do Uruguai, respetivamente, na madrugada de terça para quarta-feira (horário português). Ainda assim, ambos parecem estar em condições de ser utilizados na Pedreira, restando saber se Veríssimo vai colocá-los de início ou se vai gerir a sua condição física.

Benfica tem dominado na Pedreira

O Benfica tem sido muito feliz nas últimas visitas ao reduto do SC Braga, com seis triunfos nas últimas seis ocasiões. E nos quatro desafios anteriores a esses, verificaram-se mais duas vitórias dos encarnados, um empate e um triunfo da formação da casa. Irá a tradição manter-se ou a equipa de Carlos Carvalhal vai mostrar que manda em casa?

Ricardo Horta e Rafa no centro das atenções

Este SC Braga-Benfica será também um confronto entre dois jogadores com muito em comum. Nos visitantes, Rafa, que se deu a conhecer ao serviço do SC Braga, antes de se transferir para o Benfica, em 2016. Do outro lado, Ricardo Horta, que fez quase toda a formação de águia ao peito e que hoje em dia é a grande figura do SC Braga. Em comum, para além de serem avançados e possivelmente os maiores desequilibradores dos respetivos plantéis, o facto de terem ficado de fora da última convocatória da Seleção Nacional, apesar dos números fantásticos que apresentam na temporada em curso: 19 golos e oito assistências nos 40 encontros oficiais para Ricardo Horta; 12 golos e 16 assistências em 42 jogos oficiais para Rafa.

Rafa esteve em evidência na última jornada do campeonato, ao marcar um grande golo na vitória das águias, na Luz, diante do Estoril, por 2-1. E ao serviço dos encarnados, apresenta ligeira vantagem nos confrontos com o SC Braga (seis vitórias, um empate e quatro derrotas), com quatro golos marcados. Dois dos golos foram marcados no desafio da primeira volta desta temporada, em que o Benfica goleou por 6-1.

Ricardo Horta não tem grandes recordações dos jogos que realizou contra o Benfica ao serviço do SC Braga. Em 15 desafios, venceu três, perdeu dez e empatou dois, tendo marcado apenas dois golos. Um dos quais foi marcado no encontro da primeira volta, mas de pouco serviu, em face da derrota da sua equipa, por 1-6.

Siga-nos e Partilhe: