DÉRBI

Dérbi londrino e clássico italiano são os pratos fortes do fim de semana

Depois da pausa para os jogos da fase de apuramento para o Euro2024, este fim de semana marca o regresso das ligas domésticas e o nosso destaque vai para dois grandes duelos. Em Inglaterra, há dérbi londrino em Stamford Bridge, entre Chelsea e Arsenal, enquanto em Itália, o AC Milan recebe a Juventus. Podes apostar nestes encontros, bem como nas restantes partidas das respetivas jornadas, no site da Betano.pt.

Chelsea – Arsenal, 21 de outubro, às 17h30, no dérbi de Londres

É o jogo grande da nona jornada da Premier League. O Chelsea recebe o Arsenal, numa altura em que ambos os conjuntos atravessam bom momento no capítulo dos resultados. Os blues, depois de um arranque desastroso, em que venceram apenas uma das seis primeiras partidas disputadas, conseguiram dois triunfos consecutivos nas últimas duas jornadas e ambos fora de casa: 0-2 no campo do Fulham e  1-4 na deslocação ao terreno do Burnley. 

Já os gunners quebraram, na última jornada, um longo jejum diante do Manchester City, isto depois de 12 derrotas seguidas. Em casa, os londrinos bateram o campeão por 1-0, com o único golo da partida a ser apontado por Gabriel Martinelli, já perto do apito final, resultado que lhes permitiu ascender à liderança da competição.

Com estes resultados recentes, o Chelsea ocupa agora o 11º posto, com 11 pontos (três vitórias, dois empates e três derrotas), já o Arsenal é primeiro, com 20 pontos (seis triunfos e duas igualdades), juntamente com o Tottenham, e à frente do Manchester City (18 pontos) e do Liverpool (17).

DÉRBI

Em casa, o Chelsea soma apenas uma vitória em quatro encontros disputados (além de um empate e duas derrotas), já os gunners, fora de casa, registam três triunfos em outros tantos jogos e ainda não sofreram qualquer golo na condição de equipa forasteira.

Os dois rivais da capital inglesa já mediram forças em 86 ocasiões, na casa do Chelsea e em partidas a contar para o campeonato, e o equilíbrio é evidente: os blues venceram 31 duelos, os gunners 28 e houve ainda 27 empates.

Na última época, o Arsenal venceu os dois jogos da liga contra este adversário: 3-1 em casa e 0-1 em Stamford Bridge, com o único golo do encontro a ser apontado pelo central brasileiro Gabriel Magalhães, aos 63 minutos. Aliás, os gunners venceram o Chelsea na casa deste nas três deslocações mais recentes e é preciso recuar até agosto de 2018 para encontrar o último triunfo da equipa da casa, neste caso, por 3-2. Quatro anos antes, em 2014, os blues golearam o Arsenal por 6-0, naquela que é a maior vitória do Chelsea no seu estádio diante deste adversário.

Este dérbi marca também o regresso de Mauricio Pochettino, treinador do Chelsea, a confrontos com o Arsenal, adversário contra quem teve grandes duelos quando era técnico do Tottenham. O saldo do argentino contra os gunners pode este fim de semana ficar desempatado, isto caso haja um vencedor. É que, até agora, Pochettino regista quatro vitórias, quatro derrotas e sete empates contra o Arsenal, ao longo da sua carreira de treinador – nas últimas duas vezes que defrontou este rival, ambas as partidas acabaram numa igualdade.

Sterling, com três golos, é o melhor marcador do Chelsea na liga, já do lado forasteiro esse destaque vai para Saka, com quatro. No capítulo das assistências, há vários jogadores com dois passes certeiros: Malo Gusto nos blues e Fábio Vieira, Gabriel Martinelli e Saka nos forasteiros. Para terminar, fica ainda a saber que o Arsenal é favorito à vitória, isto de acordo com as odds da Betano.pt.

AC Milan – Juventus, 22 de outubro, às 19h45

É o maior clássico do futebol italiano, ou não estivéssemos perante as duas equipas com mais títulos na história: a Juventus leva 36 scudettos e os rossoneri 19, tantos como o rival da cidade, o Inter. Este domingo há mais um capítulo deste duelo entre os dois colossos italianos, o qual pode ter impacto na liderança da Serie A, atualmente ocupada pelo AC Milan.

Ao cabo de oito jornadas, os comandados de Pioli lideram o campeonato, com 21 pontos (sete vitórias e uma derrota), à frente do Inter Milão, que tem menos dois pontos (seis vitórias, um empate e uma derrota), e da Juve, que soma 17 pontos (cinco vitórias, dois empates e uma derrota).

O único desaire dos rossoneri aconteceu diante do rival da cidade e acabou numa goleada (5-1). Já a vecchia signora perdeu diante do Sassuolo (4-2) e empatou ainda fora com a Atalanta (0-0). Em casa, os milaneses apresentam um registo perfeito (três triunfos em outros tantos jogos, sete golos marcados e apenas um sofrido), enquanto os bianconeri, na condição de equipa forasteira, conseguiram das vitórias, um empate e uma derrota.

Historicamente há algum equilíbrio nestes confrontos, quando jogados em San Siro. Até ao momento, os dois rivais defrontaram-se em 94 ocasiões, com o AC Milan a vencer 31 duelos, a Juve 26, e houve ainda 37 empates. Na temporada passada, a formação da casa venceu por 2-0, com golos de Tomori e Brahim Diaz, mas nos dez confrontos mais recentes a vecchia signora tem sido superior, como provam os seis triunfos alcançados em San Siro, contra três dos milaneses – em 2021/22 empataram a zero.

Giroud e Pulisic, com quatro golos, são os principais artilheiros da formação visitada, enquanto na Juve cabe a Chiesa e Vlahovic terem esse estatuto, também eles com quatro tentos apontados. No capítulo das assistências, destaque para as três de Giroud e de Rafael Leão (o internacional luso soma ainda três golos marcados na prova), já nos visitantes Rabiot com duas é o melhor neste parâmetro do jogo. Para terminar fica ainda a saber que o AC Milan é favorito à vitória, isto segundo as odds da Betano.pt.

Prémio
Siga-nos e Partilhe: