Espanha

“Meias” da Taça de Inglaterra e jogo do título em Espanha

As principais ligas e Taças domésticas estão a caminhar a passos largos para a sua conclusão, o que quer dizer que as grandes decisões estão ao virar da esquina. Para este fim de semana escolhemos três jogos que vão ajudar a perceber quem é que vai acrescentar mais um troféu ao respetivo museu. Falamos das meias-finas da Taça de Inglaterra e do Sevilha-Real Madrid, um encontro que coloca frente a frente os dois primeiros da LaLiga, em Espanha. Como de costume podes apostar nestes grandes jogos no site da Betano.pt.

Neste fim de semana, e para os adeptos das equipas envolvidas, todos os caminhos vão dar ao mítico estádio de Wembley, em Londres, o palco que recebe as meias-finais da Taça de Inglaterra, a competição mais antiga do calendário futebolístico e que celebra 150 anos em 2022. No sábado, às 15h30, há mais um escaldante duelo entre Manchester City e Liverpool, isto depois de no passado domingo terem-se defrontado no Etihad Stadium, em partida da 32ª jornada da Premier League, e que acabou com uma igualdade a dois golos, tal como tinha acontecido na primeira volta em Anfield Road.  No domingo, às 16h30, há dérbi londrino no outro jogo das meias, com Chelsea e Crystal Palace a mediram forças e com o objetivo de marcarem presença na final, marcada para dia 14 de maio.

City quer quebrar enguiço das “meias”, Liverpool tem saudades de vencer a prova 

Olhando para o lote de semifinalistas, estamos perante três colossos do futebol inglês e um outsider que quer manter a tradição da Taça de Inglaterra de ser propícia a grandes surpresas. O Chelsea tem 8 troféus, mais um que Liverpool e dois que Manchester City, já o melhor que o Palace conseguiu foi chegar à final em duas edições e em ambas acabou por ser derrotado pelo Manchester United: em 1990 e 2016. Os dois clubes com mais conquistas nesta competição são o Arsenal (14) e os red devils (12). Na última temporada o Leicester estreou-se a vencer, ao bater no jogo decisivo o Chelsea, por 1-0.

As “meias” arrancam no sábado, dia 16 de abril, às 15h30, com o jogo entre Liverpool e Manchester City, provavelmente, as duas equipas mais fortes da atualidade no futebol mundial. Nos quartos-de-final da competição, os reds venceram fora o Nottingham Forrest (1-0), já os citizens golearam o Southampton, por 4-1. 

Ambos os conjuntos já jogaram em Wembley esta temporada e tiveram sortes diferentes. Os comandados de Guardiola perderam a Supertaça frente ao Leicester, enquanto o Liverpool bateu o Chelsea na final da Taça da Liga.  O conjunto de Manchester venceu pela última vez a prova em 2018/19, por outro lado, os adeptos do Liverpool fizeram a festa há mais anos – em 2005/06. O treinador espanhol do City não tem sido feliz nas idas mais recentes ao mítico estádio, já que caiu duas vezes nas “meias” frente ao Asenal e Chelsea – 2019/2020 e 2020/21.

Os dois rivais não se defrontam na Taça de Inglaterra desde 2002/2003 e nessa altura a vitória caiu para o lado dos reds, na terceira ronda da competição, com o Arsenal a levantar o troféu nessa época. Liverpool e Manchester City estão na máxima força para este confronto e Guardiola já pode contar com Rúben Dias, se assim entender. Numa altura em que Guardiola e Klopp continuam a ser o maior pesadelo um do outro (ambos os treinadores têm no outro o adversário que mais vezes o venceu), este jogo pode desempatar esse registo. Segundo as odds da Betano.pt, o Manchester City é favorito à vitória e convém relembrar que os citizens não perderam com o Liverpool nos últimos cinco confrontos.

Dérbi londrino na outra meia-final

Domingo, às 16h30, quando pisarem o relvado do mítico Wembley, Chelsea e Crystal Palace já sabem com quem irão jogar na final, caso se apurem. Os blues, atuais campeões europeus e mundiais, chegam a e este jogo no rescaldo da dolorosa eliminação frente ao Real Madrid – derrota em casa por 3-1 e vitória fora por 3-2 – nos quartos de final da Liga dos Campeões. Longe do primeiro lugar, e finalista vencido na Taça da Liga, esta é a última hipótese do Chelsea vencer um troféu doméstico esta temporada. 

Do outro lado está o Crystal Palace, que não tem nada a perder. Se nos quartos da prova, o Chelsea bateu fora o Middlesbrouh, por 2-0, os comandados de Patrick Vieira golearam em casa o Everton, por 4-0. Atualmente em décimo na Permier League, a Taça de Inglaterra pode valer um troféu histórico para o pequeno clube de Londres, já que nunca venceu a competição. Por outro lado, os blues caíram nas meias-finais nas duas edições mais recentes e ficaram com o troféu em 2017/18.

Nas últimas dez vezes em que se defrontaram para liga inglesa, os blues venceram os nove dérbis mais recentes. O último triunfo do Palace foi já em outubro de 2017, por 2-1. Esta meia-final já “começou”, uma vez que uma das principais estrelas dos “eagles” não vai jogar. É que Conor Gallagher está emprestado pelo Chelsea e o clube não permite que o adversário utilize o médio no jogo de domingo. Nos “blues”, Lukaku está em dúvida, sendo que nem tido sido titular, por isso, Thomas Tuchel pode contar com as suas principais figuras. Segundo as odds da Betano.pt, o Chelsea é claramente favorito em chegar à final.

Sevilha invicto em casa, Real Madrid é o mais forte como visitante

Em Espanha já ninguém acredita que o Real Madrid vai deixar fugir o título, mas no futebol já se viu de tudo e Carlo Ancelotti sabe bem como isso é verdade, ou não tivesse ele perdido uma final da Liga dos Campeões, depois de estar a vencer o Liverpool por 3-0 ao intervalo quando comandava o AC Milan. O Sevilha recebe domingo, dia 17, às 20h, o Real Madrid, naquele que é o jogo grande da 32ª jornada da liga espanhola. 

O conjunto da Andaluzia é terceiro, com 60 pontos, menos 12 que o Real Madrid. Em segundo, está o FC Barcelona, com 60 e menos um jogo, e que tem, teoricamente, um jogo acessível nesta ronda, já que recebe o Cádiz. Os catalães vão ser espetadores atentos ao duelo entre Sevilha e merengues, já que em caso de vitória caseira, a diferença pontual para o líder pode baixar para nove pontos – e depois seis, caso vençam a partida em atraso –, isto numa altura em que ficarão por disputar seis jornadas do campeonato de Espanha.

Na primeira volta, em novembro de 2021, o Real bateu em casa o conjunto comandado por Julen Lopetegui, por 2-1, com golos de Benzema e Vinicius Junior – Rafa Mir deu vantagem aos forasteiros aos 12 minutos. A diferença entre os dois conjuntos na liga assenta no número de empates de cada equipa, já que ambas têm três derrotas. Os sevilhanos acumulam 12 empates, contra apenas seis do líder, e se os madridistas apresentam o melhor ataque da prova, os visitados registam a defesa menos batida do campeonato.

Nas últimas dez ocasiões que os dois conjuntos se defrontaram no Estádio Ramón Sánchez Pizjuán, o Sevilha venceu seis encontros e os forasteiros quatro, no entanto, o conjunto da capital bateu o rival nas duas últimas deslocações. Mas para se ter ideia das dificuldades que esperam os comandados de Ancelotti, o Sevilha é a única equipa da prova que ainda não perdeu em casa: são 11 vitórias e quatro empates, só que pela frente vão ter o melhor conjunto a atuar como visitante, já que os merengues apresentam 11 triunfos, dois empates e outros tantos desaires quando atuam longe de do Santiago Bernabéu. Segundo as odds da Betano.pt, o Real Madrid é ligeiramente favorito a conquistar os três pontos.

Siga-nos e Partilhe: